Vestido reto 100% algodão penteado fio 30.1, com costuras reforçadas de ombro a ombro.

 

 

A Wild People produz, Moletons, Camisetas, Posters, Canecas e mais,

inspirados nos Clássicos Cult do cinema, literatura e música, com estampas

exclusivas. desenvolvida de fãs para fãs. Mas não é só nas estampas que temos

nosso diferencial, nossas malhas são 100% algodão penteado fio 30.1, com

costuras reforçadas de ombro a ombro e as nossas técnicas de impressões

são super modernas, sem limitações de cores, em DTF.

 

Todos os produtos necessitam de 7 dias para a

produção.

 

Vendas online para todo o Brasil.

Vestido Teenage Fanclub

R$ 130,00 Preço normal
R$ 97,50Preço promocional
Color
  • New Order é uma banda inglesa de rock e música eletrônica[2] formada em Manchester, no ano de 1980, por Bernard Sumner (vocais, guitarra e sintetizadores), Peter Hook (baixo e sintetizadores) e Stephen Morris (bateria, sintetizadores e programação) – os membros remanescentes da banda Joy Division após a morte do vocalista Ian Curtis – com a adição de Gillian Gilbert (guitarra e sintetizadores).

    Fazendo uma combinação inovadora de pós-punk com synth-pop e música eletrônica, o New Order se tornou uma das bandas mais aclamadas e influentes da década de 1980. Embora os primeiros anos de atividade do grupo estivessem sob a sombra do legado e da sonoridade do Joy Division, a experiência deles na cena dos clubes de Nova York no início da década de 1980, onde conheceram o produtor Arthur Baker, aumentou o conhecimento da banda acerca da dance music, os ajudando a incorporar elementos do estilo em seu trabalho. O single "Blue Monday", de 1983, é considerado um "divisor de águas" não só na carreira do New Order mas também uma revolução na história da música em geral,[3][4][5] um exemplo de como o New Order tornou-se cada vez mais envolvido com a música eletrônica durante os anos 80.

    Já em 1981, a partir do single "Everything's Gone Green", a banda começou a desenvolver de fato sua sonoridade própria, que é descrita como uma síntese equilibrada entre pós-punk e experimentalismo com dance music eletrônica. O New Order é uma das bandas pioneiras da dance music eletrônica e foi a primeira banda a unir esse estilo musical com o rock, assim criando um novo estilo musical, que é conhecido como Dance alternativo[2] ou Dance Rock.[6][7]

    A banda já vendeu mais de 20 milhões de álbuns. Seu maior hit, Blue Monday, é o single de 12 polegadas mais vendido de todos os tempos, com sua marca de mais de 3 milhões de cópias vendidas.[3][4][8] Tanto por sua música quanto por sua própria casa noturna inaugurada em 1982, The Haçienda, o New Order é um dos nomes mais influentes e revolucionários de todos os tempos no rock e na música eletrônica.

    Em 2005, o New Order ganhou o prêmio "Godlike Genius" (pelo conjunto da obra) da NME Awards e junto ao Joy Division foi incluído no UK Music Hall of Fame. Entre os inúmeros artistas musicais fortemente influenciados por New Order incluem-se: Pet Shop Boys, Moby, The Prodigy, Chemical Brothers, Stone Roses, Happy Mondays, Smashing Pumpkins, Primal Scream, Radiohead, Massive Attack, The Charlatans, 808 State, The Killers, LCD Soundsystem e Arcade Fire.[4][7][9]

    O New Order entrou em hiato entre 1993 e 1998, período o qual os membros participaram de vários projetos paralelos. A banda se reuniu em 1998, e em 2001 lançou Get Ready, seu primeiro álbum em oito anos. Em 2001, Phil Cunningham (guitarra, sintetizadores) substituiu Gilbert, que havia abandonado o grupo devido a compromissos familiares. Em 2007, Peter Hook deixou a banda devido a desentendimentos com Bernard e Stephen, assim o New Order novamente entrou em hiato. Em 2011 a banda retornou a ativa, com Gilbert de volta e Tom Chapman substituindo Hook no baixo.

    Em setembro de 2015, a banda lançou seu décimo álbum de estúdio, Music Complete.